2 anos de Projeto Gris!

Olá-olá!

Depois de muito tempo sem atualizar, cá estou eu pra contar como vai meu Projeto Gris.

2 anos se passaram. Incrível como passa rápido. Decidi parar de tingir os cabelos nas barbas do meu aniversário de 2014. Aproveitei que estava com o cabelo bem curtinho, seria mais fácil me livrar da tinta só deixando crescer, e lá fui eu para um looooongo processo de aceitação e aprendizado.

A primeira fase, com o cabelo ainda bem curto mas já aparecendo o grisalho, não foi das piores. Meu cabelo tinha umas 4 cores diferentes mas as pontas coloridas ainda predominavam no visual, então não sentia tanto o que estava fazendo.

IMG_20140822_103244989

A segunda fase foi quando comecei a perceber os brancos de verdade. Começou a chamar atenção e as pessoas passaram a me olhar na rua. Mas meu cabelo ainda estava curto, a cor das pontas ainda muito chamativas. E eu não via minha nuca.

IMG_20141116_174019009-MOTION

A terceira fase foi a mais difícil. Meu cabelo ficou só com as pontinhas coloridas, e a maior parte dos fios naturais. Isso significa que o topo da cabeça ficava bem grisalho e a nuca bem castanha. Foi a fase que eu pensei seriamente em abandonar o projeto. Eu acordava de manhã e tomava sustos me olhando no espelho. Desgostava da minha imagem, até porque meu cabelo estava sem corte (se eu cortasse ele demoraria ainda mais a crescer, então usava grampos, arcos, lenços e qualquer coisa que ajudasse a arrumar). Mas, sabendo do topo branco, imaginava que quando estivessem mais longos, esses fios de cima cobririam os outros dando uma sensação de degradê. Apostei nisso e segui.

Olha o cabelo crescendo!

Na quarta fase finalmente comecei a entender que a minha intuição estava certa. O cabelo estava crescendo, meus cachos voltaram depois de quase 10 anos sumidos por causa da tintura, minha satisfação começou a acontecer – e os elogios também!

IMG_0668-ANIMATION

A quarta fase foi longa. Pouco mudou da sensação do gris, só o comprimento ia mudando – e me deixando mais feliz. :)

(2015_07_31) Elisa - 1 ano gris-34-ANIMATION

Acho que agora posso considerar essa a quinta e última fase. Meu cabelo cresceu e minha intuição se confirmou: os fios brancos do topo da cabeça formam um degradê com a base ainda castanha e fica parecendo que eu fiz luzes platinadas. Muita gente me pergunta se eu fiz em salão. Muuuuitas mulheres me olham na rua. E quase todo mundo fica impressionado de eu ter 34 anos e tantos cabelos brancos.

IMG_9691-COLLAGE

Com o fim da química pude entrar numa rotina low-poo, tirar todos os derivados de petróleo e metais pesados, deixar ele mais sadio. Fora que não sou mais escrava de tintura a cada 20 dias – o que me faz mega feliz!

Se vou seguir com ele assim pra sempre, não sei dizer. Sempre fui muito inquieta com cabelos, nunca tive medo de cortá-los, então pode ser que daqui a um tempo eu enjoe e decida mudar. Mas dessa experiência eu com certeza aprendi uma coisa: TINTURA NUNCA MAIS. Se for pra mudar de cor, só tonalizante – e de preferência o mais natural possível. Quem sabe roxo, azul, turquesa…?  :D

Enfim. Me acostumei completamente com meu cabelo gris. Às vezes olho umas fotos de quando tingia e acho esquisito, artificial. Agora sou eu de verdade. Gris aos 34. Hoje consigo dizer que gosto de verdade dele assim!

(2016_07_08) Lis Gris

 

Anúncios